top of page

Violence Voyager: uma bizarra aventura infantil

Poucos são os filmes que conseguem nos causar os sentimentos que Violence Voyager (Baiorensu Boijâ) causam. Dirigido por Ujicha, com estreia em 2018, o filme é uma animação japonesa nos moldes de uma peça teatral de fantoches de papel que promete causar aquela incrível sensação de "o que foi isso que eu acabei de ver?".


A trama segue o fatídico dia em que Bobby (Aoi Yuki) e seu melhor amigo Akkun (Shigeo Takahashi) decidem atravessar a montanha para visitar um colega que havia se mudado. E apesar dos minutos iniciais já causarem certa estranheza, o filme ainda pode enganar os mais desavisados com suas cores, crianças e animais felizes.



O problema começa quando, no meio do caminho, as crianças encontram um panfleto sobre um parque de diversões pelas redondezas. Animados com a possibilidade de uma nova aventura, decidem mudar seus planos e fazer uma visita ao local. Lá, conhecem o Koike (Tomorowo Taguchi) e sua filha, que logo tratam de explicar as regras e condições.


Depois de devidamente uniformizados e equipados para a aventura, os meninos parecem se decepcionar com o nível de qualidade das atrações, mas logo tratam de aproveitar o quanto podem. Somente quando se deparam com uma garota desacordada que as coisas começam a ficar realmente esquisitas: eles sofrem diversos ataques, e ao buscarem refúgio, descobrem que há diversas outras crianças que estão presas no local há dias, impossibilitadas de fugir.


Tudo o que se segue a partir desse ponto é uma viagem pela ficção científica e body horror que alguns ousam em chamar de uma mistura entre Junji Ito e David Cronenberg. Mas mais do que referenciar grandes nomes, Violent Voyager consegue ser uma obra singular e instigante por todos os elementos que traz nessa bizarra aventura infantil.

 

Baiorensu Boijâ (2018)


Direção Ujicha

Duração 1h24min

Gênero(s) Terror, Animação, Aventura, Comédia

Elenco Aoi Yuki, Naoki Tanaka, Shigeo Takahashi, Daisuke Ono +


Posts recentes

Ver tudo

Σχόλια


bottom of page