• Thaís Vieira

Son: ser mãe é padecer no paraíso

Laura (Andi Matichak) e seu filho David (Luke David Blumm) se viram livres de um culto religioso há oito anos, e toda a instabilidade e dependência causada por este gerou certos traumas nesta jovem mãe solo. Após uma "visita" de estranhas pessoas direcionada a criança, este desenvolve uma doença inesperada abalando a pacata vida de ambos sobretudo gerando dúvidas a respeito da sanidade de Laura que passa a desconfiar de tudo e de todos com a piora progressiva da condição da criança, porém, este aparentemente apresenta melhora quando ingere carne e sangue humanos.


Sabendo desta peculiaridade Laura faz de tudo para mantê-lo vivo independentemente do que seja necessário para tal. Obra do diretor irlandês Ivan Kavanagh, também responsável pelo Canal (2014), o filme trabalha com dois gêneros interessantes, que é o drama não só em torno de toda a situação, mas, também, pelo fato de os dois serem sobreviventes da referida seita/culto o que por si só já renderia uma bela estória e consequentemente um bom desenvolvimento. No entanto, o diretor opta por trançar o drama e o terror o sem entrelaçar o que por sua vez contribuiu para o estado mental da jovem mãe, gerando certos tropeços e comprometendo o resultado como um todo.



Da dupla de protagonistas quem se destaca com folga é o interprete de David que tem a possibilidade de destacar tanto aspectos pueris condizentes na qualidade de criança, e aspectos de horror quando se encontra sedento por seu alimento, os outros atores também cumprem papeis condizentes mas creio que a personagem de Andi Matichack poderia ter sido ainda mais aproveitada. Contudo, a fotografia é condizente com a proposta do roteiro, a sonoplastia funciona bem, possibilitando com que o espectador fique preso e tenso no desenrolar da estória.


Terror com criança, culto satanista e mãe enlouquecida por conta de todo a questão da maternidade sempre gera bons frutos, o que neste caso, não foge à regra. A película pode soar de forma distante o filme Grace (2009) dando a nós fãs desses pequenos demoninhos uma "continuidade" merecida.


Son (2021)


IMDb | Rotten Tomatoes | Letterboxd | Filmow

Direção Ivan Kavanagh

Duração 1h38min

Gênero(s) Terror, Drama

Elenco Andi Matichak, Emile Hirsch, Luke David Blumm +


16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo