top of page
  • Foto do escritorMyka Carvalho

O Mal Nascendo em Belas Camisolas

O Nascimento do Mal (Bed Rest, Lori Evans Taylor, 2023) tem Melissa Barrera, conhecida por Pânico 5 e 6. A atuação está ótima e contrasta muito com seu parceiro de tela, Guy Burnet, que confesso: não me convence como marido que desacredita da esposa grávida e assombrada por forças sobrenaturais.

O filme é um pouco arrastado? Sim. Vale a pena? Muito. Todo o enredo é interessante mesmo com os clichês típicos: Portas fechando sozinhas, fantasmas andando no teto, muito jumpscare.... Apesar disso, diverte bastante e surpreende com o plot quase final. Digo quase pois, pelo que senti no momento, o filme deveria ter acabado ali. Os 5 minutos restantes são uma sopa de Nosso Lar, parábola cristã e só se torna um problema por ser jogado ali destoando muito das cenas anteriores, tem outro tom e parece o final de qualquer outro filme.



Ah, mas e o figurino? A responsável é Heather Neale, que tem alguns filmes de suspense e horror no currículo, como Contos Macabros 3. Pois então: Julie, grávida enfrentando espíritos em uma casa imensa e em reforma passa a maior parte do tempo na cama e no quarto. Todo seu figurino a partir dali se concentra em camisolas, penhoares, tecidos claros, leves, lindos. Em certas cenas eu me sentia vendo um catálogo da Valisère (marca francesa de lingerie aberta em 1919 e comercializada no Brasil a partir de 1934), referência no segmento. E óbvio, foi o que mais me prendeu em todo o figurino. A atriz parecia muito confortável nos trajes como uma grávida em final de gestação merece estar.

Outro ponto alto de tecidos: as roupas de cama são um show à parte. Bordados em relevo, linhos e acabamentos perfeitos. É aconchegante e admito que se eu pudesse, faria um vestido de festa com a colcha bordada usada no início do repouso de Julie.


No restante, são roupas comuns, de pessoas comuns e isso é um elogio: fazer figurino de dia a dia é muito mais difícil do que criações novas. É preciso desenvolver a personalidade de cada personagem para que fique natural. Pessoas vivendo e se vestindo pensar muito, apenas existindo. Isso é importante pra que o público também se identifique.


O Nascimento do Mal chega aos cinemas brasileiros em 4 de Maio.

 

BED REST (2023)

O Nascimento do Mal


Direção Lori Evans Taylor

Duração 90 min

Gênero(s) Terror

Elenco Melissa Barrera, Guy Burnet, Kristen Harris, Edie Inksetter, Erik Athavale, Kristen Sawatzky, Koen Schneiderat +

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page