• Allan Azevedo

Doors (Os Portais)

Em todo o mundo, milhões de portais começaram a surgir. Mais tarde estas fendas temporais são chamados de “portas”. Portais alienígenas nos quais ninguém sabe para onde vão ou para que servem. Algumas pessoas se sentem atraídas por eles, sentem vontade de falar com eles e em seguida se jogar arriscando suas vidas sem saber o resultado. Outros os temem e os consideram perturbadores e perigosos. Aqueles que entram raramente saem e se o fazem estão mudados.


Como a humanidade reagirá a essas portas e à possibilidade de visitar realidades alternativas? O filme nos leva a acompanhar quatro perspectivas. Cada uma delas mostrando visões diferentes de como essas anomalias seriam aceitas.



Você começa com os Blockers. Um grupo de alunos está na chamada detenção quando ouvem um barulho de jatos passando por eles, o que os deixa imaginando o que estaria acontecendo fora das quatro paredes onde estão confinados. Depois de serem trancados em sua escola, eles se deparam com uma das portas.


Em seguida estão os Knockers, um grupo de voluntários que concordaram em entrar por essas portas e relatar o que veem, mas como era de se esperar, nem tudo é o que parece.


Em terceiro estão os Lamaj, que para mim foi o segmento que mais gostei. Um cientista desacreditado por seus colegas por causa de suas crenças no cosmos, torna-se amigo de uma das portas. Mas qual será o risco de manter essa amizade?


Todos os segmentos são costurados pela voz de Marin Midnight (David Hemphill), um podcaster que vai fornecendo atualizações e compartilhando teorias sobre o que essas portas são e o que elas significam para o mundo. Sendo esta a quarta perspectiva dos acontecimentos.



Gostei desse filme do início ao fim e perdi a conta de quantas vezes me perguntei, o que diabos está acontecendo? Os efeitos utilizados para nos fazer entender os conceitos das portas foi incrível e muito inquietante.


Todos os atores escolhidos desempenharam bons papéis. As múltiplas perspectivas foram engenhosas e realmente nos fazem pensar sobre as várias circunstâncias que poderiam ocorrer, bem como as diferentes emoções caso esses fenômenos acontecessem conosco na terra.


Cabe aqui um aviso. Os espectadores devem saber que o final não será entregue de forma explicada ao estilo Christopher Nolan, mas garanto que você não ficará desapontado. Eu adoraria ver o filme se tornar uma série dando continuidade aos eventos e nos mostrando o que acontece a seguir. Eu definitivamente assistiria.


Os Portais (2021)

Doors


IMDb | Rotten Tomatoes | Letterboxd | Filmow

Direção Dugan O'Neal, Saman Kesh, Jeff Desom

Duração 1h21min

Gênero(s) Ficção Científica

Elenco Josh Peck, Wilson Bethel, Lina Esco +