• Amanda Guerra

Crítica 28 dias Assombrados - Assombrado para quem?

Escrevi minha opinião sobre essa série depois de maratonar em apenas uma tarde, logo que ela entrou na Netflix em outubro.

Por que não postei antes? Queria ver as reações do público. Desde os mais crentes aos céticos as opiniões poderiam ser bem divididas. Dito e feito.

Depois de ver algumas repercussões, decidi que era a hora de falar sobre 28 dias assombrados, mas já aviso - Tem spoiler.


Sinopse: A série coloca três equipes de investigadores paranormais para passarem 28 dias em lugares considerados mal-assombrados e com relatos sinistros. Eles precisam utilizar os métodos criados por Ed e Lorraine Warren para descobrirem o que acontece de verdade nesses lugares malditos. A experiência vai abalar tudo o que acreditam.


Por que 28 dias?


Sou muito fã dos Warrens, e quem conhece um pouco sobre a trajetória deles já ouviu pelo menos em algum filme da franquia sobre a teoria dos 28 dias.

O casal acreditava que esse é o número de dias exato para descobrir se o local/objeto/pessoa, realmente é assombrado. Segundo os investigadores esse é o tempo que o véu entre a vida e a morte se tornaria mais tênue.


Assombrado para quem?


A única coisa que me assombrou de fato foi o tempo que gastei vendo essa série em um só dia.

A cada episódio eu pensava: Eles não vão criar algo ruim com o nome da família. Sim família, pois quem produziu a série documental foi o próprio genro dos Warren, Sr° Tony Spera e o especialista em paranormal Aaron Sagers.


Talvez não fosse a intenção deixar as cenas com aquela vibe "pegadinhas de terror do Silvio Santos", mas infelizmente foi assim que ficou para mim.


Na teoria a série poderia ser ótima, tentando comprovar cientificamente com registros 24h a teoria dos 28 dias realizando os mesmos experimentos de Ed e Lorraine, mostrando o que é verdade e o que é apenas história nos lugares escolhidos. 3 equipes diferentes que já trabalham a anos com casos paranormais vão para 3 lugares aleatórios sem saber a história por trás do ambiente, e alguns não se conhecem entre si.


Aqui você já encontra um grande erro na série, como essas pessoas não conhecem os lugares de fato?


Um deles é uma pousada bem conhecida, com site para locação de quartos, a dona tem um livro sobre os eventos paranormais que rolam por lá publicados e o local atrai bastante investigadores e fãs de terror paranormal.

Podemos encontrar várias informações sobre os outros dois pontos escolhidos na Internet gerando uma pequena raiva enquanto você se pergunta: COMO ELES NÃO CONHECEM NADA SOBRE O LOCAL? NADINHA? NUNCA OUVIRAM NEM FALAR? Sendo equipes que investigam e trabalham com casos paranormais a anos, é um pouco estranho.



Poderia apontar diversas falhas em cada episódio, como o cético especialista em tecnologia resolvendo do nada no meio da noite pegar um detector de metais, passar no jardim, achar algo em um ponto que parecia bem mal enterrado na grama, pegar uma pá, cavar um mini buraco e achar totalmente sem querer um pentagrama de cobre. Isso aconteceu, dessa forma, nessa ordem.

Outro momento que eu não sabia se ria ou chorava foi quando um dos investigadores resolve que a solução seria fazer a Eleven de Stranger Things entrando em um tanque de privação sensorial improvisado (igual a cena dela na piscina de plástico e o óculos de fita isolante da primeira temporada) para resgatar sua mediunidade e ver todas as nuances do crime que aconteceu no local onde estavam.

Nesse momento eu não sabia se ria por ver eles realmente colocando quilos e quilos de sal na água de uma banheira de plástico enquanto fechavam o homem lá dentro com uma barraca, ou se chorava por imaginar as pessoas que trabalham com o paranormal vendo que de repente esse Sr° virou um grande médium fazendo a Eleven, literalmente.

Na prática a execução foi feita de frames estranhos, roteiro desconexo e sustos clichês como o de qualquer filme paranormal mediano. Em um momento ou outro você até pode chegar a pensar "será que isso foi verdade?" Mas eles conseguiram acabar com qualquer E SE positivo, pelo menos para mim.


O final foi triste pelo tempo gasto, pelos fãs dos Warren, por todos que fizeram parte do elenco e principalmente pela breguice do participante pseudo possuído no take final.


A parte positiva? Gerou essa crítica para vocês hahaha


Se quiser arriscar e tirar suas próprias conclusões, você encontra a série na Netflix! Se já assistiu, me conta aqui nos comentários o que achou porque eu quero mesmo saber!



 

28 Dias Assombrados (2022)

28 Days Haunted


Reality Show

1ª Temporada

Disponível na Netflix



31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo