• Monique Costa

True Fiction: nunca conheça seus ídolos

Desde Misery, já vimos inúmeros filmes com relações conturbadas entre fãs e seus ídolos, e o terceiro longa do diretor canadense Braden Croft também aproveita essa dinâmica de escritor e leitora em cabana isolada na neve. Mas apesar das semelhanças, True Fiction segue por um caminho diferente, dado seu sugestivo subtítulo: "queime seus ídolos".


Na história, acompanhamos a bibliotecária e aspirante a escritora Avery (Sara Garcia) em uma desconfortável entrevista para ocupar o cargo de assistente pessoal de Caleb Conrad (John Cassini), o escritor favorito da jovem, que apesar de renomado, vive recluso e longe dos holofotes, sem nunca ter revelado sua verdadeira identidade para o grande público, o que levanta uma aura ainda maior de mistério e curiosidade perante suas obras.



E para a surpresa de Avery, apesar do aparente fiasco da reunião, ela é selecionada para a vaga, tendo que ir morar com o autor em sua remota residência. Mas chegando no local, ela descobre que não só ajudará Caleb a escrever seu próximo livro, como também será cobaia de um experimento controlado sobre o fenômeno do medo, sem poder sair da cabana, ter acesso ao celular, ou se comunicar com o mundo exterior.


A partir de então acompanhamos um intenso e sádico jogo de gato e rato, onde os papéis de caça e caçador são nebulosos e constantemente invertidos. Se por um lado temos uma jovem traumatizada sofrendo com influências psicológicas, do outro temos um homem que pode não ser quem diz ser, cuja identidade não pode ser comprovada. Isso sem contar no óbvio contexto e demais elementos que não me estenderei por motivos de spoiler.


Mas é justamente esse constante mudança de dinâmica que torna True Fiction cansativo de se assistir. A incessante tentativa de subverter o estipulado e surpreender o espectador se torna exaustiva, beirando até o desnecessário. Porém se você está a procura de um thriller psicológico onde o controle da narrativa está sempre alterando, talvez seja uma boa pedida, embora eu considere Always Shine, Scare Me ou Black Bear melhores opções.


True Fiction (2019)


IMDb | Rotten Tomatoes | Letterboxd | Filmow

Direção Braden Croft

Duração 1h37min

Gênero(s) Terror, Suspense

Elenco Sara Garcia, John Cassini, Julian Richings +


14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo