top of page
  • Foto do escritorIsabela Picolo

Quando os Adams Saíram de Férias- eles são ‘apenas crianças’

Quando os Adams Saíram de Férias foi procurado por anos. Sua última edição foi lançada em 1988. A Darkside Books e a Macabra Filmes trouxeram uma nova edição dessa obra que é considerada uma das mais repulsivas do horror contemporâneo.


Cindy e Bobby Adams são crianças aparentemente normais, seus pais saíram de férias e os deixaram aos cuidados de Bárbara, sua babá. Ela tem 20 anos e é considerada uma moça educada e atenciosa. Todos a conheciam pela região e sabiam que ela estava trabalhando na casa dos Adams. Um dia ela acorda amarrada e amordaçada em sua cama. Se você não conhece a história, pode achar que eles foram vítimas de uma invasão domiciliar, mas logo percebe que não é isso.


Depois que a babá entendeu que não era isso, a reação foi achar que tudo aquilo não passava de uma brincadeira (de muito mal gosto), mas ainda sim uma brincadeira. Com o passar do tempo ela viu que não era, ao menos não para ela. Cindy e Bobby não estão planejando sozinhos o que está por vir. Outros 3 amigos da vizinhança estão nesse jogo também.


Eles se denominaram ‘Os 5 Libertadores’. Buscam a liberdade de poder fazer o que querem sem o controle dos adultos como uma forma de subjugá-los. Com os pais de Cindy e Bobby longe dali, a casa em uma região afastada, tudo corrobora para essa oportunidade perfeita.

A sensação de liberdade estava ali, mas ao mesmo tempo eles abraçaram outras responsabilidades que os faziam questionar se isso estava valendo a pena.


O que para eles era só um jogo, muda de tom. Eles estão em um caminho no qual já não podem soltá-la, mas também não podem matá-la. Quando tudo começava a tomar proporções horrorosas e decisões cruéis vão acontecendo, eu me questionava sobre eles, como tudo aquilo era absurdo demais e simplista. É muito fácil colocar 5 pessoas que são amigas, vizinhas -e por ironia do destino- são todas psicopatas.

Vi que não era tão simples assim. Sem entrar em detalhes, mas em momentos, o livro mostra o que se passa na cabeça de cada um deles e é uma mistura de coisas que levam as ‘crianças’ a fazerem isso. A resposta mais simples é que ELES PODEM. A maldade existe e se revela de várias formas.


A relação doentia que esses 5 amigos têm uns com os outros também é revelada.

Bárbara a todo momento tenta sair de lá, mas não da maneira mais tradicional, com gritos e tentativas físicas de se libertar. Ela tenta conversar com cada um deles, tenta entender e em uma dessas conversas descobre que eles fazem essas brincadeiras com eles mesmos.


Usei aspas lá em cima na palavra crianças porque não são todas crianças, uns são adolescentes. O autor sempre enfatiza que crianças estão fazendo isso, o que acaba sendo pior de digerir.


A Darkside Books mandou pra gente uma caixa muito linda com esse livro e mais alguns brindes.

Se interessou pelo livro? Clique aqui.

 

Quando os Adams Saíram de Férias


Autor Mendal W. Johnson

Tradução por Camila Fernandes

Ano da Edição 2022

Páginas 272


57 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page