• Allan Azevedo

Carroña

O filme Carroña inicia com uma cena de morte espetacular, muito sangrenta e com o tom de violência elevado já dando o tom no qual esta ficção pós-apocalíptica argentina vai se passar. Mesmo com um orçamento pequeno estamos prestes a assistir a um Mad Max latino.


Escravidão, mutações, macacões de couro respingados de óleo e sangue, extração de órgãos, rosnados, vômitos, piercings, armamento, desmembramento de corpos, carros enferrujados e robustos em imagens desbotadas. O filme argentino de baixo orçamento tem convincentes paisagens devastadas, fotografia pitoresca e se parece muito com um tributo feito por fãs para George Miller.


Carroña transita entre cenas de violência e ação e o subgênero rape and revenge. Acompanhamos a protagonista sendo enganada e levada para uma armadilha onde é estuprada e abandonada à própria sorte. Mas Trisha é uma garota resiliente, que mesmo após passar por estes momentos muito difíceis se recupera e parte em busca de vingança.



Existem alguns pontos que incomodam no roteiro. Cenas que não fazem a história caminhar e explicações que são demoradas demais para serem apresentadas confundem bastante sobre qual a ideia que a direção quer nos passar. A personagem interpretada por Nayla Churruarin é uma mescla feita entre a Furiosa e o Max Rockatansky, claro sem o brilhantismo por trás dos atores que os fizeram nos filmes do Miller.


Outro fato que merece destaque é que as cenas de degradação, humilhação, tortura e muito mais tomam muito tempo de tela e não servem a nenhum outro propósito a não ser estimular um público ávido por cenas no estilo grindhouse. Embora possamos considerar a protagonista Tisha como uma heroína feminista que tem todo direito à sua vingança, o enredo nos mostra que ela também é culpada de matar estranhos, quem sabe inocentes, casualmente por dinheiro. É um filme que merece ser visto por fãs de gore e de tramas que envolvem uma temática violenta e questionadora de valores.


O filme estará disponível gratuitamente na programação do XVII Fantaspoa através da plataforma de streaming Wurlak/Darkflix, entre os dias 09 e 18 de Abril.

Carroña (2019)


IMDb | Rotten Tomatoes | Letterboxd | Filmow

Direção Eric Fleitas, Luciana Garraza

Duração 1h13min

Gênero(s) Terror, Ação, Crime

Elenco Nayla Churruarin, Eric Fleitas, Sofia Lanaro +


7 visualizações0 comentário